Resultados de um programa de liderança em segurança do paciente para enfermeiros-chefe e enfermeiros clínicos

Andrea Bernardes, Professora associada, Editora Associada da RLAE

Lucila Castanheira Nascimento, Professora titular, Editora Associada da RLAE, Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo/Centro Colaborador da OPAS/OMS para o Desenvolvimento da Pesquisa em Enfermagem, Ribeirão Preto, SP, Brasil.

A Organização Mundial da Saúde indica que a capacidade de liderança organizacional e o estímulo para ações de melhorias de segurança são necessários para garantir melhorias consideráveis na segurança dos atendimentos em saúde (WHO, 2020). Assim, este estudo avaliou o impacto do Programa de Liderança para Segurança do Paciente sobre os enfermeiros-chefe e enfermeiros clínicos da mesma unidade de enfermagem.

O estudo, pré-pós teste, realizado em um hospital terciário com 1.889 leitos, intitulado Impacto de um programa de liderança em segurança do paciente em enfermeiros-chefe e enfermeiros clínicos: um estudo quasi-experimental, publicado na Revista Latino-Americana de Enfermagem (vol. 29), foi realizado em Changsha, Província de Hunan, China. O estudo incluiu 60 enfermeiros-chefe, que participaram da capacitação e responderam à Escala Geral de Autoeficácia (GSES – General Self-Efficacy Scale) e o questionário de informações gerais, e 240 enfermeiros clínicos, que preencheram os questionários: GSES, Escala de Avaliação de Comportamento de Liderança Hospitalar (HLBAS – Hospital Leadership Behavior Assessment Scale), Escala de Comportamento de Segurança (SBS – Safety Behavior Scale), Inventário de Burnout de Maslach (MBI – Maslach Burnout Inventory) e questionário de informações gerais. O programa começou em maio de 2017 e terminou em abril de 2018.

Imagem: Pixabay

O estudo demonstrou que projetar e conduzir o programa de liderança em segurança do paciente para enfermeiros-chefe melhorou sua autoeficácia e comportamento de liderança. Demonstrou, ainda, a melhora no comportamento de segurança dos enfermeiros clínicos, o que contribui para o aprimoramento da segurança do paciente. Contatou-se, também, que a “exaustão emocional” dos enfermeiros clínicos foi significativamente reduzida e a “realização pessoal” foi significativamente aumentada.

Destarte, programas de capacitação para enfermeiros-chefe que beneficiam também o enfermeiro clínico podem contribuir com a qualidade dos resultados de tratamento e segurança do paciente.

Leia mais

WORLD HEALTH ORGANIZATION – WHO. Patient safety (Overview). Genebra: WHO, 2020. Available from: https://www.who.int/health-topics/patient-safety#tab=tab_1

Links

Site Revista Latino-Americana de Enfermagem: http://rlae.eerp.usp.br

Página Scielo da Revista Latino-Americana de Enfermagem: https://www.scielo.br/rlae

Facebook da Revista Latino-Americana de Enfermagem: https://www.facebook.com/rlae.nursing

Instagram da Revista Latino-Americana de Enfermagem: https://www.instagram.com/rlaeeerp

Para ler o artigo, acesse

XIE, J., et al. Impact of a patient safety leadership program on head nurses and clinical nurses: a quasi-experimental study. Revista Latino-Americana de Enfermagem [online]. 2021, vol. 29, e3478. ISSN: 1518-8345 [viewed 26 October 2021]. https://doi.org/10.1590/1518-8345.4328.3478. Available from: https://www.scielo.br/j/rlae/a/bhqCFsfDQg7hW9sDs3NbpNp/?lang=en#

 

Como citar este post [ISO 690/2010]:

BERNARDES, A. and NASCIMENTO, L. C. Resultados de um programa de liderança em segurança do paciente para enfermeiros-chefe e enfermeiros clínicos [online]. BlogRev@Enf, 2021 [viewed ]. Available from: https://blog.revenf.org/2021/12/17/resultados-de-um-programa-de-lideranca-em-seguranca-do-paciente-para-enfermeiros-chefe-e-enfermeiros-clinicos/

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Post Navigation