Perspectivas de divulgação do conhecimento em Enfermagem na Revista Mineira de Enfermagem – REME

Tânia Couto Machado Chianca, Professora titular da Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Enfermagem, Belo Horizonte, MG, Brasil. e-mail: taniachianca@gmail.com

Luciana Regina Ferreira da Mata, Professora adjunta da Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Enfermagem, Belo Horizonte, MG, Brasil. e-mail: lucianarfmata@gmail.com

Maria Piedade Fernandes Ribeiro Leite, Bibliotecária, Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Enfermagem, Belo Horizonte, MG, Brasil. e-mail: pirleite@gmail.com

A Revista Mineira de Enfermagem – REME é uma publicação periódica, técnico-científica, sediada na Escola de Enfermagem da Universidade Federal de Minas Gerais – EEUFMG, e que tem sido conhecida pela sua relevância na divulgação, acesso e utilização do conhecimento produzido em enfermagem e áreas correlatas, nacional e internacional desde 1997 (ALCOFORADO et al., 2019; NASCIMENTO; OLIVEIRA, 2006; REZENDE, 1997).

Acreditamos que por causa dos avanços da ciência da Enfermagem, indivíduos e cuidadores têm tido maior qualidade de vida, pois apesar das condições crônicas, há uma maior compreensão dos fenômenos, baseada em melhores evidências dos sinais e sintomas, como por exemplo,  ansiedade, ruído ocupacional e dor crônica, como abordado em artigos publicados (BARBOSA et al., 2012; DANIELE et al., 2011; FRIAS; COSTA; SAMPAIO, 2010).

Aqueles que têm contribuído para a ciência da enfermagem devem estar atentos ao olhar para o futuro, a fim de identificar áreas da ciência em que possamos continuar a fazer grandes contribuições para a saúde por meio do ensino, prática e pesquisa. Essa tem sido a preocupação de toda a equipe editorial da REME.

Assim, a REME permanentemente convida membros da comunidade a contribuírem com suas ideias para novas questões de pesquisa que podem levar a melhorias mais rápidas e perceptíveis na saúde e na qualidade de vida, além de considerar a REME nas suas futuras submissões. Existem áreas que consideramos essenciais para serem incrementadas no conhecimento de enfermagem: estudos referentes a sinais e sintomas e à promoção de estratégias de saúde adequadas às diversas situações de saúde e doença, pois à medida que as pessoas vivem mais, também estão mais propensas a desenvolver condições crônicas, muitas das quais são acompanhadas por sinais e sintomas que levam à baixa qualidade de vida. A pesquisa é necessária para compreender fatores biofisiológicos que têm colaborado para as adversidades, assim como desenvolver e testar novas intervenções para reduzir efeitos colaterais dos problemas de saúde e, consequentemente, melhorar os indicadores de saúde.

Outra área importante para produção, utilização e divulgação do conhecimento é a de bem-estar, promoção da saúde e prevenção de doenças, pois a maneira eficaz de superar uma doença é evitar que a mesma aconteça. Neste sentido, pesquisas sobre comportamentos saudáveis e formas de prevenção de doenças e controle de comorbidades além daquelas sobre causas e impactos físicos, sociais, comportamentais e ambientais da doença, como também aquelas sobre determinantes da saúde e de avaliação de comportamentos que levam a escolhas saudáveis e que tem impacto no estilo de vida têm sido bem-vindos no periódico (CAETANO; NETTO; MANDUCA; 2011; OLIVEIRA; LANA, 2009; SILVA; BORGES; LIMA, 2008; SILVA; PADILHA, 2011).

Por fim, a REME tem valorizado a submissão e análise de manuscritos que tratem da etapa de final da vida e de cuidados paliativos. Estudos sobre cuidados paliativos baseados em evidências de alta qualidade são importantes para a manutenção da qualidade de vida em qualquer estágio da doença, não apenas no final da vida, publicado no volume 23 sobre esse tema (MIRANDA et al., 2019). A pesquisa é necessária nesta área para abordar questões como alívio de sintomas e do sofrimento; melhorar a comunicação entre pacientes, famílias e membros da equipe de saúde e compreender a tomada de decisão em torno do cuidado. Consideramos que as perspectivas para a REME é ampliar a divulgação do conhecimento e colaborar incansavelmente para o incremento da ciência da enfermagem. Esse é nosso compromisso!

Referências

ALCOFORADO, Carla Lucia Goulart Constant et al. Knowledge of nursing professionals about dermatitis associated with incontinence and pressure injury. Reme: Rev. Min. Enferm., v. 23, e-1166, 2019. ISSN: 2316-9389 [reviewed 5 May 2019]. DOI: 10.5935/1415-2762.20190014. Avaliable from: http://www.revenf.bvs.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-27622019000100213&lng=pt&nrm=iso 

BARBOSA, Maria Helena et al. Avaliação da dor crônica em idosos institucionalizados. Reme: Rev. Min. Enferm., v. 16, n. 1, p. 63-68, 2012. ISSN: 2316-9389 [acessado 5 maio 2019]. Disponível em: http://www.revenf.bvs.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-27622012000100009&lng=pt&nrm=iso

CAETANO, Laíse Conceição; NETTO, Luciana; MANDUCA, Juliana Natália de Lima. Gravidez depois dos 35 anos: uma revisão sistemática da literatura. Reme: Rev. Min. Enferm., v. 15, n. 4, p. 579-587, 2011. ISSN: 2316-9389 [acessado 5 maio 2019]. Disponível em: http://www.revenf.bvs.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-27622011000400015&lng=pt&nrm=iso 

DANIELE, Daniela et al. Reduzindo o nível de pressão sonora da unidade de terapia intensiva neonatal: estratégias adotadas pelos profissionais de saúde. Reme: Rev. Min. Enferm., v. 15, n. 2, p. 190-195, 2011. ISSN: 2316-9389 [acessado 5 maio 2019]. Disponível em: http://www.revenf.bvs.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-27622011000200005&lng=pt&nrm=iso

FRIAS, Thais Falcão Pereira; COSTA, Cristiane Maria Amorim; SAMPAIO, Carlos Eduardo Peres. O impacto da visita pré-operatória de enfermagem no nível de ansiedade de pacientes cirúrgicos. Reme: Rev. Min. Enferm., v. 14, n. 3, p. 345-352, 2010. ISSN: 2316-9389 [acessado 5 maio 2019]. Disponível em: http://www.revenf.bvs.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-27622010000300008&lng=pt&nrm=iso

MIRANDA, Juliana de Oliveira Freitas et al. Reproducibility and applicability of a pediatric score of clinical deterioration warning. Reme: Rev. Min. Enferm., v. 23, e-1156, 2019. ISSN: 2316-9389 [reviewed 5 May 2019]. DOI: 10.5935/1415-2762.20190003. Avaliable from: http://www.revenf.bvs.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-27622019000100203&lng=pt&nrm=iso

NASCIMENTO, Débora Dupas Gonçalves do; OLIVEIRA, Maria Amélia Campos de. A política de formação de profissionais da saúde para o sus: considerações sobre a residência multiprofissional em saúde da família. Reme: Rev. Min. Enferm., v. 10, n. 4, p. 435-439, 2006. ISSN: 2316-9389 [acessado 5 maio 2019]. Disponível em: http://www.revenf.bvs.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-27622006000400020&lng=pt&nrm=iso

OLIVEIRA, Thaline Alves de; LANA, Francisco Carlos Félix. Hanseníase no município de Ouro Preto, Minas Gerais: aspectos epidemiológicos e operacionais. Reme: Rev. Min. Enferm., v. 13, n. 3, p. 407-415, 2009. ISSN: 2316-9389 [acessado 5 maio 2019]. Disponível em: http://www.revenf.bvs.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-27622009000300013&lng=pt&nrm=iso

REZENDE, Ana Lúcia Magela de. A higiene e a morte: o miasma e a onda do pútrido. Reme: Rev. Min. Enferm., v. 1, n. 1, p. 8-12, 1997. ISSN: 2316-9389 [acessado 5 maio 2019]. Disponível em: http://www.revenf.bvs.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-27621997000100003&lng=pt&nrm=iso

SILVA, Patrícia de Souza e; BORGES, Eline Lima; LIMA, Mércia de Paula. Fatores de risco para complicações das feridas cirúrgicas abdominais: uma revisão sistemática da literatura. Reme: Rev. Min. Enferm., v. 12, n. 4, p. 539-546, 2008. ISSN: 2316-9389 [acessado 5 maio 2019]. Disponível em: http://www.revenf.bvs.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-27622008000400013&lng=pt&nrm=iso

SILVA, Sílvio Éder Dias da; PADILHA, Maria Itayra. História de vida e o alcoolismo: representações sociais de adolescentes. Reme: Rev. Min. Enferm., v. 15, n. 1, p. 70-78, 2011. ISSN: 2316-9389 [acessado 5 maio 2019]. Disponível em: http://www.revenf.bvs.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-27622011000100010&lng=pt&nrm=iso

Link externo

http://www.reme.org.br/Home

 

Como citar este post [ISO 690/2010]:

CHIANCA, T. C. M., MATA, L. R. F. and LEITE, M. P. F. R. Perspectivas de divulgação do conhecimento em Enfermagem na Revista Mineira de Enfermagem – REME [online]. BlogRev@Enf, 2019 [viewed ]. Available from: https://blog.revenf.org/2019/05/16/perspectivas-de-divulgacao-do-conhecimento-em-enfermagem-na-revista-mineira-de-enfermagem-reme/

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Post Navigation