A COVID-19 em ano de Campanha Nursing Now Brasil

Rosana Maffacciolli, Editora associada da Revista Gaúcha de Enfermagem, Porto Alegre, RS, Brasil.

Carlise Rigon Dalla Nora, Editora associada da Revista Gaúcha de Enfermagem, Porto Alegre, RS, Brasil.

https://pixabay.com/pt/illustrations/corona-m%C3%A1scara-mundo-juntos-v%C3%ADrus-4983357/

O ano de 2020 foi escolhido para celebrar a enfermagem e impulsionar o reconhecimento desses atributos da profissão por meio da Campanha Nursing Now Brasil, promovida pelo Conselho Internacional de Enfermeiras (ICN) e pela Organização Mundial da Saúde (OMS). No mesmo ano, o mundo foi surpreendido pela emergência global da pandemia provocada pelo vírus SARS-Cov2, causador da COVID-19. De forma inédita, o papel da enfermagem tem sido fundamental nas ações que visam a preservar a vida de quem se expõe à doença. Contudo, contraditoriamente, entre os próprios profissionais, vidas estão sendo vertiginosamente ceifadas, já que a alta exposição ao vírus se soma às precárias condições de trabalho, especialmente em se tratando do contexto brasileiro (CONSELHO FEDERAL DE ENFERMAGEM, 2020).

No Brasil, as ações da enfermagem na pandemia ocorrem em meio a uma crise sanitária agravada por uma das mais preocupantes recessões socioeconômicas das últimas quatro décadas. O prejuízo, aqui, ainda é maior devido a retrocessos ético-políticos, com o apoio governamental a discursos que desprestigiam os benefícios da ciência e das relações solidárias entre povos (VASCONCELLOS-SILVA; CASTIEL, 2020). O componente atenuante para o impacto negativo desses fatos é a existência do Sistema Único de Saúde que, mesmo sob subfinanciamento, tem sido determinante para salvar vidas com uma estrutura equipada para atender necessidades de saúde de baixa, média e alta complexidade sob o princípio de que todos têm acesso gratuito à saúde. A análise desse cenário está sendo promovida por iniciativa dos periódicos de enfermagem brasileiros, ao publicarem artigos científicos que poderão servir como importantes referências sobre os desafios da enfermagem em meio à pandemia da COVID-19. Uma dessas iniciativas foi a da Revista Gaúcha de Enfermagem (RGE) que, em março de 2020, lançou a chamada “A Campanha Nursing Now e o empoderamento da Enfermagem em tempos de COVID-19”, publicada em 2020-2021.

A Revista Gaúcha de Enfermagem visou, a partir da publicação, difundir ideias, experiências e pesquisas que pudessem favorecer o acúmulo de conhecimento do qual a enfermagem necessitará para se firmar como protagonista do cuidado, tanto em momentos de crise, como de estabilidade no âmbito técnico, científico e ético do seu fazer em saúde. Esta edição temática, vol. 42, número especial da RGE, contou com 38 publicações, sendo: 14 artigos originais, 10 de reflexão, 4 de revisão e 9 relatos de experiência.

Vários temas e cenários do cuidado foram abordados, tendo como assunto a atuação da enfermagem durante a pandemia. Nesses artigos podem-se identificar debates que há algum tempo já pertencem ao repertório analítico da enfermagem, como queda em idosos; nutrição enteral; saúde das crianças, das mulheres e materno-infantil; protagonismo dos usuários da saúde mental; liderança e empreendedorismo em enfermagem; e educação em saúde.

O trabalho em enfermagem durante a crise da COVID-19 no Brasil foi foco de alguns artigos. Um artigo original (DE PAULA et al., 2021), acerca das reações dos profissionais em cuidar pacientes suspeitos de infecção, revelou a ambivalência entre intensificar o cuidado de si e a vontade de se retirar dos serviços pelo temor da exposição ao vírus. Os artigos de reflexão reúnem aspectos relativos às condições de trabalho durante a pandemia e a necessidade de valorização profissional, ao mesmo tempo em que ressaltam a importância do posicionamento crítico dos profissionais em prol de uma sociedade mais justa (DAVID et al., 2021; OLIVEIRA et al., 2021; SOUZA et al., 2021). Em fevereiro houve mais de 14 mil acessos na SciELO, números que podem demonstrar o interesse pelo tema. Apesar de estarmos vivenciando um dos momentos mais dramáticos da nossa história, tal interesse pode oferecer aos leitores as referências de que necessitam para impulsionar inovações nos cenários em que atuam. Pode ser o começo para consolidar novos paradigmas relacionados a saberes e práticas cientificamente respaldadas e solidariamente conduzidas em prol do bem estar coletivo.

Referências

CONSELHO FEDERAL DE ENFERMAGEM. Brasil é o país com mais mortes de enfermeiros por Covid-19 no mundo. 28 maio 2020 [viewed 26 March 2021]. Available from: http://www.cofen.gov.br/brasil-e-o-pais-com-mais-mortes-de-enfermeiros-por-covid-19-no-mundo-dizem-entidades_80181.html

CONSELHO NACIONAL DE SAÚDE. CNS critica PEC Emergencial que pode gerar mais desfinanciamento ao SUS em meio à pandemia. 24 fevereiro 2021 [viewed 26 March 2021]. Available from: http://conselho.saude.gov.br/ultimas-noticias-cns/1609-cns-critica-pec-emergencial-que-pode-gerar-mais-desfinanciamento-ao-sus-em-meio-a-pandemia

Para ler os artigos, acesse

DAVID, H.M.S.L. et al. Pandemia, conjunturas de crise e prática profissional: qual o papel da enfermagem diante da COVID-19?. Rev. Gaúcha Enferm. [online]. 2021, vol. 42, no. spe, e20200254. ISSN: 1983-1447 [viewed 26 March 2021]. https://doi.org/10.1590/1983-1447.2021.20190254. Available from: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1983-14472021000200702&lng=pt&nrm=iso

OLIVEIRA, K.K.D. de et al. Nursing Now e o papel da enfermagem no contexto da pandemia e do trabalho atual. Rev. Gaúcha Enferm. [online]. 2021, vol. 42, no. spe, e20200120. ISSN: 1983-1447 [viewed 26 March 2021]. https://doi.org/10.1590/1983-1447.2021.20200120. Available from: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1983-14472021000200700&lng=pt&nrm=iso

PAULA, A.C.R. De et al. Reações e sentimentos dos profissionais de saúde no cuidado de pacientes hospitalizados com suspeita COVID-19. Rev. Gaúcha Enferm. [online]. 2021, vol. 42, no. spe, e20200160. ISSN: 1983-1447 [viewed 26 March 2021]. https://doi.org/10.1590/1983-1447.2021.20200160. Available from: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1983-14472021000200404&lng=pt&nrm=iso

REVISTA GAÚCHA DE ENFERMAGEM. Fascículo temático: A Campanha Nursing Now e o empoderamento da enfermagem em tempos de COVID-19. 2021, vol. 42, no. spe. ISSN: 1983-1447 [viewed 28 March 2021]. Available from: https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_issuetoc&pid=1983-144720210002&lng=pt&nrm=iso

SOUZA, N.V.D. de O. et al. Trabalho de enfermagem na pandemia da covid-19 e repercussões para a saúde mental dos trabalhadores. Rev. Gaúcha Enferm. [online]. 2021, vol. 42, no. spe, e20200225. ISSN: 1983-1447 [viewed 28 March 2021].  https://doi.org/10.1590/1983-1447.2021.20200225. Available from: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext

Links externos:

www.scielo.br/rgenf

https://seer.ufrgs.br/RevistaGauchadeEnfermagem

https://www.facebook.com/rgenf

 

Como citar este post [ISO 690/2010]:

MAFFACCIOLLI, R. and NORA, C. R. D. A COVID-19 em ano de Campanha Nursing Now Brasil [online]. BlogRev@Enf, 2021 [viewed ]. Available from: https://blog.revenf.org/2021/04/30/a-covid-19-em-ano-de-campanha-nursing-now-brasil/

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Post Navigation